Uma joia entre gigantes – A Sinfonia Nr 4 de Ludwig van Beethoven

O dia hoje começou cedo e já seguia, lamentavelmente, quase sem música quando recebo uma pequena joia gravada na minha querida Philharmonie em Berlim, em 27.ago.2010, sob a batuta do maestro Sir Simon Rattle. Na gravação, um belo trecho do primeiro movimento Allegro vivace, da injustiçada Sinfonia Nr 4 de Beethoven – afinal, não é mesmo das situações mais fáceis na vida de uma sinfonia ter nascido entre as gigantes Eroica (Nr 3) e Destino (Nr 5)!

Composta em Si Maior, em 1806, é completamente desprovida de motivos trágicos: leve, entusiasmada, uma verdadeira joia para o ouvinte apesar da dificuldade técnica (e física) que impõe aos músicos e em especial ao maestro. Não por acaso, tornou-se a escolha do grande Felix Mendelssohn-Bartholdy para sua estreia frente à Gewandhaus de Leipzig em 1835.

Aproveitem o trecho com a Filarmônica de Berlim, e tendo oportunidade e acesso à obra, fica o convite para ouvi-la em versão integral. Até a próxima!

Help us spread the word: